sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Reforço de Peso!

Valdivia está pronto para reforçar o Palmeiras diante do rival Corinthians, neste domingo, às 16h, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. O chileno finalmente está totalmente recuperado de uma incômoda lesão na região lombar, que sofreu ainda no primeiro tempo no jogo contra o São Paulo, e que o tirou de campo nos duelo com Cruzeiro, Goiás e Atlético-PR.
Nesta quinta-feira, em Jarinu, o chileno participou do coletivo sem sentir dores. Ao contrário dos dias anteriores, quando colocava as mãos nas costas quando batia na bola, Valdivia mostrou habilidade com a bola nos pés e deixou o elenco palmeirense repleto de felicidade com a sua presença no clássico.

- O retorno do Valdivia ao time contra o Corinthians nos dá ainda mais motivação. Ele é um atleta diferente, que sabe prender e carregar a bola e arma as principais jogadas ofensivas. Em poucos times do Brasil existem jogadores com características como a dele. Ele vai nos ajudar bastante no domingo - afirma o capitão Martinez.

O goleiro Marcos, que ficará no banco de reservas no clássico contra o Corinthians, também está animado com a recuperação do chileno. Para ele, Valdivia tem tudo para comandar o Palmeiras dentro e fora de campo.

- O Valdivia é um brincalhão, um cara de grupo, muito gente boa. Está sempre de bom humor e hoje tem uma representatividade muito forte entre o elenco, não apenas pelo jogador, mas pela pessoa que é, de caráter e personalidade - elogia Marcos.

Neste Campeonato Brasileiro, Valdivia realizou 15 partidas com a camisa palmeirense e marcou seis gols. Pelo clube, são 46 jogos e nove gols.

- O Valdivia é uma pessoa alegre, extrovetida. E, dentro de campo, já provou ter capacidade para decidir uma partida. É um atleta de habilidade rara. Confiamos muito nele - avisa o volante Pierre.

Já o zagueiro David, um dos principais amigos do Mago no elenco, não escondeu sua admiração pelo chileno.

- Nós somos muito amigos. O Valdivia, aliás, só tem amigos aqui. É um cara que está sempre brincando, conversando. E sabe também o momento de falar sério, de ser um líder para o grupo - explica David.


GloboEsporte.com

Nenhum comentário: